Notícias

6/recent/ticker-posts

Presidente da Venezuela elogia legado de Simón Bolívar

 O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, elogiou hoje a herança do Libertador Simón Bolívar (1783-1830) e a validade de sua ideologia, por ocasião das comemorações do 238º aniversário de seu nascimento.



Em mensagem publicada em sua conta na rede social Twitter, o presidente afirmou que o herói da independência venezuelana constitui a maior referência à verdade da nação sul-americana e aos sonhos a realizar.

“238 anos após seu nascimento, Simón Bolívar retorna para cavalgar com firmeza todos os cantos do país, para transformar sua luta em uma força moral para o presente e o futuro”, destacou o chefe de Estado na plataforma de comunicação.

Por sua vez, o secretário executivo do Acordo Comercial da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA-TCP), Sacha Llorenti, afirmou que a doutrina de Simón Bolívar continua em vigor.

A luta pela independência e soberania deve ser travada todos os dias. Nossa Aliança é bolivariana e, portanto, irredutivelmente antiimperialista. Gloria a Bolívar, disse o chefe do mecanismo de integração em sua conta no Twitter.

Esta semana, a Assembleia Nacional (parlamento) da Venezuela aprovou um acordo para os 238 anos desde o nascimento do Libertador Simón Bolívar, no qual ratifica a vontade de promover e praticar sua ideologia em matéria de soberania, igualdade e fraternidade entre as nações.

O legislador também expressou solidariedade aos demais países da região vítimas de bloqueios, sanções e invasões dos Estados Unidos, “no entendimento de que para a Venezuela a pátria é a América”, segundo nota divulgada no site do parlamento .

Nascido em Caracas em 24 de julho de 1783, Simón Bolívar abraçou a vida política e militar até se tornar a figura mais proeminente nas lutas pela independência das nações sul-americanas contra o regime colonial espanhol.

Com informações da PrensaLatina

Postar um comentário

0 Comentários