Notícias

6/recent/ticker-posts

Campanha na Colômbia para desmantelar esquadrão de choque

 O movimento político Ciudadania Inteligente promove hoje uma campanha para desmantelar o Esquadrão Móvel Antimotim (Esmad), denunciada por diversas organizações sociais e políticas pela execução de atos violentos contra a população colombiana.



A iniciativa, promovida por este grupo, chama-se Cédula X La Vida 7 milhões de votos para o desmatamento da Esmad e foi motivada pelas sistemáticas violações dos direitos humanos por aquele órgão, segundo a Ciudadania Inteligente.

Em nota, o movimento político apontou que o Centro de Pesquisa e Educação Popular documenta que, desde a criação da Esmad, em 1999, até 2019, já ocorreram 43 casos de 'execuções extrajudiciais' envolvendo aquele braço de elite da Polícia Nacional.

Referiu ainda que o Supremo Tribunal de Justiça em acórdão proferido em 2020 indicou que a Esmad é 'uma ameaça grave e atual (...) porque a sua ação, longe de ser isolada, é constante e reflete uma agressão permanente individualizável no quadro dos protestos. '

De acordo com a organização não governamental Temblores ONG, desde o início da greve nacional em 28 de abril contra as políticas do governo de Iván Duque, milhares de atos de violência ocorreram contra manifestantes nas mãos da força pública, incluindo mais de 80 mortes, lesões oculares, abuso sexual, entre outros.

O movimento busca garantir uma urna adicional nas mesas de votação em 28 de novembro de 2021, dia da eleição nacional dos conselhos de juventude para depositar a 'Cédula X La Vida 7 milhões de votos por El Desmonte del ESMAD'.

Propõe que o cartão seja desenhado, impresso e distribuído em todas as assembleias de voto montadas nesse dia com a pergunta: 'Apoia o desmantelamento total do Esquadrão Móvel Anti-Motim-ESMAD? Sim ou não'.

Além disso, solicita que conte com o pessoal e os elementos técnicos necessários para o escrutínio e a contagem dos votos correspondentes.

Com informações da PrensaLatina

Postar um comentário

0 Comentários